Close

ATENÇÃO

Para participar da Jornada Sacerdotal, é necessário preencher o formulário ao lado para se candidatar.


Mas antes de preencher o formulário ao lado, é necessário que saiba que existem alguns pré-requisitos para participar, por favor leia atentamente toda as informações abaixo nessa página antes de preencher o formulário ao lado, ok?



Se depois de ler todas as informações, você ainda tiver alguma dúvida, não deixe de entrar em contato pelo whatsapp (11) 99190-9660 (esse whatsapp só recebe mensagens, não aceita ligações).

PREPARAÇÃO E INICIAÇÃO SACERDOTAL

com Alexandre Cumino

JORNADA SACERDOTAL 2019

Apenas para quem estuda, se dedica e tem amor e respeito pela Umbanda e por Zelio de Moraes, Ronaldo Linares, Rubens Saraceni e Alexandre Cumino.

Apenas para quem concluir "Jornada Teológica 2017 ou 2018", exclusivamente no www.umbandaead.com.br 

com Alexandre Cumino.

Apenas para médiuns de incorporação atuantes e desenvolvidos na Umbanda que já trabalham atendendo no mínimo há cinco anos.

PRÉ-REQUISITOS

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

A Jornada Sacerdotal tem início em 2019, por meio do Umbanda EAD (www.umbandaead.com.br), terá encontros virtuais (EAD) para conteúdo teórico e encontros presenciais mensais aos domingos para vivência de terreiro (templo), iniciações, amacis, apresentações aos poderes e mistérios dos guias e Orixás de direita e esquerda. 


Conteúdo completo, programa da Jornada , duração, valor e outras informações serão dadas apenas para quem preencher os pré requisitos, após avaliação prévia feita pessoalmente por Alexandre Cumino.

Um sacerdote tem esta consciência do todo! Um sacerdote é alguém que representa a sua religião no mesmo nível das outras religiões e outros sacerdotes, todos eles preparados e muito bem preparados para tal.


Um sacerdote é acima de tudo alguém que se preparou para o Sacerdócio, é um líder em sua comunidade, e acima de tudo é alguém que gosta de gente e ama ardentemente o que faz diante do sagrado.


Um sacerdote de Umbanda é tudo isso e muito muito muito mais. No entanto para entender a diferença entre dirigente e sacerdote creio que basta.


Obs.: ainda assim lembre-se um sacerdote de Umbanda não é Padre, Bispo ou Rabino; não é santo, iluminado ou avatar.


Um sacerdote de Umbanda é uma pessoa comum que se dedica à sua própria verdade, que coloca seu coração no altar e vive; ama, dança, namora, casa, beija na boca e faz tudo o que sentir que deve, diante de seu próprio coração e sua própria consciência. 

Um sacerdote de Umbanda é um ser livre.





Toda pessoa que está à frente de um grupo ou comunidade espiritual é um “Dirigente Espiritual” seja este grupo Umbanda, Espírita ou Candomblé.


Mesmo que não tenha nenhum preparo, é dirigente por cargo e função. Mesmo que não seja um líder, é dirigente. Mesmo que não tenha consciência do todo de sua religião e não represente nada mais que seu próprio grupo, ainda assim é dirigente e responde apenas por seus próprios atos e sobre suas opiniões.


Todo dirigente é tecnicamente um “sacerdote” para seu grupo, no entanto muitas vezes não existe uma consciência Sacerdotal e muito menos uma responsabilidade Sacerdotal.


Todo sacerdote é um dirigente, mas nem todo dirigente é um sacerdote.


Ser Sacerdote é acima de tudo ser, em primeiro lugar, sacerdote de si mesmo e compreender que cada um de nós é um templo vivo. Ser sacerdote é mais que conduzir um grupo ou templo e sim representar este grupo dentro de um contexto maior, o contexto de sua religião como um todo.

SACERDOTE OU DIRIGENTE?

Por Alexandre Cumino

Mesmo para quem concluir o curso, isso não faz de você um sacerdote de um templo ou uma comunidade, para isso precisa ter uma determinação astral de seus guias e se não tiver não vai adiantar querer ter a força, pois não conseguirá estar à frente de um templo e uma comunidade. 


Um sacerdote é o Mestre do templo e da comunidade e isso não é nada simples, além de entender de todas as questões legais, contábeis e de liderança, é preciso entender e gostar de gente no seu aspecto carnal, espiritual, mental e afetivo.


Ainda assim somos todos sacerdotes de nós mesmos, cada um de nós é um templo vivo e assim, mesmo quem não é dirigente, mas sendo médium ativo com seus guias na umbanda por um período mínimo de 5 anos poderá fazer parte também do grupo.


Portanto para finalizar, Sacerdócio não é para todos e nem para qualquer um, não basta frequentar ou querer “pagar”. Isto não está à venda e assim todos terão que passar por um processo seletivo e se em nosso convívio, mesmo com todos os pré requisitos aparecer médiuns ou dirigentes inconvenientes, chatos, indelicados, ignorantes, falastrão, fanfarrão, estúpido, folgado, chulo, desrespeitoso ou que não aceite regras e orientação também será convidado a se retirar do grupo.


Sim! Sacerdócio é para poucos, ao menos aqui comigo, Alexandre Cumino e com Rodrigo Queiroz, com Colégio de Umbanda Sagrada Pena Branca e Umbanda EAD.


Para muitos somos arrogantes, para os nossos queridos filhos, alunos e irmãos somos extremamente exigentes e todos sabem que aqui sacerdócio é algo muito sério, ninguém está para brincadeira ou para passar o tempo com mais um “cursinho”. Não vendemos certificados e nem os nossos valores como fé, amor e Umbanda.

PORQUE PRÉ-REQUISITOS

PARA O SACERDÓCIO 2019?

1. Desculpa a intromissão, mas porque de tantos pré requisitos e formalidades para o curso de Sacerdócio?

2. Pelo que sei sobre, todos poderiam fazer o curso, não é o fato de fazer um curso que outorga ser sacerdote ou não, você já nasce com essa estrela e missão certo?


Estas foram duas perguntas feitas por um dos médiuns de Incorporação no processo de seleção e admissão de “candidatos interessados ao sacerdócio 2019” ministrado por mim, Alexandre Cumino, no Colégio de Umbanda Sagrada Pena Branca em parceria com o Colégio Virtual Umbanda EAD do meu querido amigo, irmão, parceiro e sacerdote Rodrigo Queiroz.


Vou começar respondendo pela segunda questão: Alguns nascem já com algo como uma missão que os impele ao caminho Sacerdotal outros não nascem, mas vão descobrindo que é um caminho possível por indicações da espiritualidade. 


Nos dois casos é imprescindível e fundamental se preparar e muito bem para lidar com as vidas das pessoas e estar à frente de uma comunidade.


Não!!! Não são todos que podem fazer o Curso de Sacerdócio ministrado por mim!!! Pelo fato de que não é um curso aberto à curiosos e não estou disponível a preparar para o Sacerdócio pessoas que não tem um mínimo de dedicação e preparo!!!


Desta forma eu mesmo defino os pré requisitos e faço pessoalmente o processo de seleção. Exijo que seja umbandista há no mínimo 7 anos e médium de Incorporação há 5 anos, que esteja com o Curso de Teologia de Umbanda concluído e ministrado por mim, que é a base teórica mínima para se ingressar neste Sacerdócio.


E tudo isso independente de o médium ser dirigente ou não, independente de ter ou vir a ter missão de sacerdote.


A verdade não deveria ser considerada arrogância, só posso garantir exterior certeza do que eu ensino.


Ainda assim todos devem exercitar a ideia de ser formador de opinião e desta forma todos deveriam dar cursos de Umbanda, o básico. Mas daí para chamar de “Curso de Teologia” deve haver no mínimo uma bibliografia básica de autoria do ministrante ou adotada por ele. Alguns ministrantes não seguem nenhuma literatura, vale o que dá na telha.


Bem, estudar é algo muito sério mesmo. Esta é minha opinião mais forte. E logo, se você encontrar alguém que ama o que ensina com profundidade e responsabilidade eu tiro meu chapéu e presto reverências.


Muitos dos meus filhos de santo ou alunos dão aulas de Teologia, e eu recomendo, no entanto para fazer Sacerdócio comigo, deve-se fazer ou refazer Teologia comigo, também, pelo fato de que no ano passado eu e Rodrigo Queiroz mudamos completamente o conteúdo, programa e a visão do Curso de Teologia de Umbanda.


Não tiramos nada do conteúdo, mas somamos muito mais conteúdo e o mesmo vale para o Curso de Sacerdócio. Sim claro muito outros ministram Teologia e Sacerdócio e eu recomendo, mas caso queira fazer Teologia EAD ou Sacerdócio semi presencial comigo será um prazer. 


O motivo e a razão de minha vida é lhe ensinar, então minha palavra sobre a qualidade do que eu ensino é sempre muito forte e carregada com a verdade de quem já ensina Teologia há 17 anos !!! 


Isso pode assustar um pouco, pode parecer arrogante, no entanto meu objetivo é um só: ser bem claro e objetivo com minhas palavras. Eu não escrevo para agradar à ninguém apenas defino estas questões como elas são. Sim, a opinião de todos é importante, mas estou muito certo do que eu faço, ensino e vivo de Umbanda.


Ainda assim poderia fundamentar “porque estudar Teologia com a mesma pessoa que vai lhe ministrar e iniciar no Sacerdócio”. Basta entender um estudo é continuidade do outro !!!


Axé e Saravá, Alê Cumino.

QUEM PODE OU DEVE

MINISTRAR UM "CURSO DE TEOLOGIA"?

Está foi a pergunta de uma irmã no Instagram, ou melhor perguntou “Só você pode ministrar Teologia?”, abaixo minha resposta que compartilho com todos:


Muita gente ministra “curso de Teologia”. No entanto se for “Teologia de Umbanda Sagrada” será o curso criado por Rubens Saraceni que tem duração de um ano. Este foi o primeiro curso de Teologia da Religião. Não existia conteúdo na Umbanda para criar um curso de Teologia e assim todos os outros cursos de Teologia foram criados depois por pessoas que foram meus alunos ou alunos do Rubens. 


Muitos destes dão aula com o que aprenderam com a gente e não citam a fonte de quem ensinou, considero isso desonesto. 


Outros simplesmente leram alguns livros e acreditam que isso basta para dar ou “criar” um curso de Teologia. Estes pretendem dar para alguém o que nunca receberam, afinal ler um livro não é o mesmo que um estudo direcionado principalmente pelo autor do maior e mais completo conteúdo de Umbanda, Rubens Saraceni.


O Rubens só ministrou Teologia de 1996 até 1999, nesta data ele já havia me preparado e assim passou a turma de Teologia dele para eu dar aula. Depois disso ele continuou dando Sacerdócio com apenas uma introdução de Teologia. Sendo assim, quem conheceu o Rubens Saraceni depois de 1999 não estudou teologia com ele.


Muitos não foram alunos de Teologia e mesmo assim querem dar aula de Teologia. É no mínimo curioso, para não dizer irresponsável. Então ministram cursos de Teologia de curta duração, não passa de uma introdução à umbanda.


Eu fiz três anos de Teologia com o Rubens antes de começar a dar aulas e então busquei uma faculdade de ciências da religião, para não falar bobagem da religião alheia e para ter um olhar mais científico para a Umbanda e assim respondo: não sou apenas eu que ministro aulas de Teologia mas dediquei minha vida a este estudo.


Pode parecer arrogante dizer que para estudar Sacerdócio comigo deve fazer ou ter feito Teologia comigo, no entanto o Sacerdócio é uma continuidade natural da Teologia, como eu poderia dar continuidade sem saber o que ou como o aluno, médium estudou?


Colégio Pena Branca

(11) 5072-2112 | (11) 3441-9637

Av. Dr. Gentil de Moura, 380

São Paulo - Próximo a Estação Alto do Ipiranga (Metrô)